Qual é o futuro da floresta (e da humanidade?)

|

Futuro da floresta
O futuro da floresta (e da humanidade) está ligado à atenção com a qual todos os setores trabalham para equilibrar os ganhos para o meio ambiente e para a economia do país e do mundo

 

A necessidade de promover a restauração florestal é uma medida indispensável para lidar com as alterações climáticas e assegurar a preservação da vida em nosso planeta. As florestas têm o papel crucial na purificação do ar e na manutenção da biodiversidade, mas, ao longo dos anos, têm sofrido com a ação humana.

O destino da humanidade está intrinsecamente ligado ao das florestas, pois dependemos delas para uma série de serviços ecossistêmicos fundamentais, como fornecimento de oxigênio, regulação do clima, purificação da água, entre outros.

Assim, proteger e gerenciar as florestas de forma sustentável é essencial para garantir um futuro próspero para a humanidade. Logo, isso requer ações coordenadas em níveis local, nacional e global, envolvendo governos, comunidades, setor privado e organizações da sociedade civil.

Parece inalcançável, mas há uma luz no final do túnel: o Arco de Restauração, fruto da parceria entre o BNDES e o Ministério do Meio Ambiente lançado na COP-28 em Dubai, que visa preservar a Amazônia a partir de investimentos robustos para restaurar este bioma essencial para a biodiversidade, clima e cultura de todo o mundo.

Além da atuação na Amazônia, outros biomas também estão recebendo atenção de instituições, como é o caso do WWF-Brasil, que está focado na restauração de ecossistemas, visando a geração de empregos e renda, em especial, a conservação da biodiversidade. Seu objetivo é restaurar 12 milhões de hectares até 2030, com foco no Cerrado e na Mata Atlântica, em parceria com diversos setores.

O H2A Hub AgroAmbiental também trabalha com a preservação do bioma Mata Atlântica e está expandindo sua atuação para o Cerrado. Entre as mais recentes atuações, a equipe assumiu a liderança nesse desafio em São Paulo e em Minas Gerais. Através do H2A, é fornecido um suporte abrangente, que inclui assistência legal e acompanhamento técnico durante todo o ciclo de plantio.

A abordagem é caracterizada pela conexão e parceria entre os stakeholders do setor, garantindo resultados efetivos em termos de restauração florestal, conservação ambiental e benefícios econômicos para os proprietários rurais.

O coordenador geral do H2A Hub Agroambiental, Leonardo Sobral, explica sobre a importância de haver modelos de negócios com o intuito de escalar a restauração florestal e reforça que “a floresta só vai parar em pé no dia em que ela valer mais em pé do que derrubada”. Por isso é extremamente necessário adotarmos uma visão de uso múltiplo da floresta, combinando soluções em que é possível ter remuneração pela floresta em pé e geração de carbono através da restauração florestal, conciliando isso com atividades agropecuárias.

Vamos juntos pela regeneração florestal

Agora que você já sabe mais sobre um dos nossos projetos, vale ressaltar que o projeto inovador do H2A Hub Agroambiental identifica as principais não conformidades enfrentadas pelos proprietários rurais, o que nos permite desenvolver soluções agroambientais personalizadas para cada necessidade de recuperação ambiental.

Essa abordagem colaborativa visa não apenas reduzir os custos da restauração, mas também oferecer alternativas confiáveis para resolver conflitos judiciais agroambientais, promovendo a sustentabilidade e o desenvolvimento de ações estratégicas para o cuidado do meio ambiente e a otimização da produção.

O processo de restauração engloba a reintrodução de vegetação em regiões previamente degradadas ou devastadas. Para realizar essa atividade em uma propriedade rural, é imprescindível conduzir um estudo detalhado do terreno, abarcando aspectos como composição do solo, condições climáticas, nível de degradação, entre outros fatores relevantes.

Uma vez realizada essa análise, procede-se à seleção das espécies vegetais mais adequadas, levando em conta sua compatibilidade com as características específicas do local. Em seguida, a equipe do H2A elabora um projeto técnico que inclui tanto a escolha do método mais apropriado quanto a definição de medidas de proteção para a área em reflorestamento.

A implementação desse plano é crucial para garantir a saúde e a sustentabilidade do novo ecossistema, exigindo um monitoramento constante para prevenir e combater eventuais ameaças, tais como doenças, incêndios florestais, infestações por pragas, entre outros desafios que possam comprometer o sucesso do projeto.

Vale ressaltar que o sucesso da restauração está tanto na manutenção quanto no monitoramento. Não por acaso, atualmente, o H2A faz um ano de manutenção pós plantio, sendo que as ações de monitoramento estendem-se para dois e três anos.

Colaboração entre todos

Para alcançar resultados duradouros, é necessário um compromisso radical com a colaboração, unindo diferentes setores e conhecimentos. Conforme destacou Leonardo Sobral, durante a COP-28, existe a necessidade, do setor, em geral, de ter uma visão de uso múltiplo da floresta e da propriedade rural, com uma combinação de soluções, em que é possível ter remuneração pela floresta em pé e geração de carbono através da restauração florestal, conciliando isso com atividades agropecuárias.

O coordenador ressaltou uma visão econômica quando afirmou que “a floresta só vai parar em pé no dia em que ela valer mais em pé do que derrubada”. “É preciso tornar lucrativas as atividades e negócios voltados para a conservação e manutenção da floresta em pé, assegurando que os recursos alcancem efetivamente os pequenos e médios produtores, bem como as comunidades tradicionais”, disse.

Ao optarmos pela conservação e restauração das florestas, poderemos abrir caminho para um futuro em que a natureza prosperará, oferecendo-nos ar puro, água limpa, uma rica biodiversidade, além dos retornos financeiros e de produção que tais práticas trazem, equilibrando os ganhos para o meio ambiente, bem como para a economia do país e do mundo.

Esse destino promissor é aquele em que a humanidade compreende sua interdependência com o meio ambiente e adota práticas sustentáveis, promovendo a coexistência harmônica entre os ecossistemas e as comunidades humanas.

O compromisso do H2A é conectar o proprietário rural com parceiros especializados que podem ajudar na implementação de projetos de restauração com menor investimento financeiro e de tempo.

 

Estaremos ao seu lado durante todo o processo, garantindo a qualidade e a credibilidade em cada etapa, mas especialmente auxiliando na luta para a reconstrução ambiental. Entre em contato conosco, será um prazer estarmos juntos nessa jornada.

 

Mais recentesstar_outline

Fique por dentro!

Assine gratuitamente nossa newsletter e receba conteúdos sobre o H2A e projetos de restauração florestal.